quarta-feira, julho 17, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Postagens

Saiu a lista dos selecionados para a Formação em Produção Cultural do projeto Balaio de Feira

Foram mais de 150 inscritos no curso de Formação em Produção Cultural do projeto Balaio de Feira. Para a seleção das 35 vagas, os organizadores consideraram a descentralização territorial (local de moradia do aluno, p.ex.), critérios de diversidade e inclusão e as motivações do interessado.

Desenvolvido pela Habitus Consultoria e Pesquisa, em parceria com a ONG Favela é Isso Aí, o curso é parte da Mostra da Diversidade Cultural e tem o patrocínio da Belgo Arames, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com apoio da Fundação ArcelorMittal. O propósito é capacitar artistas, produtores e gestores culturais, que pretendem adquirir novos conteúdos, para se iniciarem no mercado.

“Para nós foi uma surpresa muito gratificante ter uma adesão tão significativa ao curso. Esse resultado mostra o interesse da comunidade artística feirense em se atualizar e profissionalizar para realizar projetos de qualidade e que representem a cara da diversidade local. A seleção foi um desafio, mas optamos por priorizar os iniciantes, como preconizava o edital”, afirma a antropóloga e coordenadora do projeto, Clarice Libânio.

O curso, que teve inscrições abertas no período de seis a 31 de maio, terá início dia seis de julho e segue até novembro. A duração será de 60 horas, distribuídas em 12 encontros técnicos (quatro horas cada), com aulas nas tardes de sábado, na Hub Feira, além de palestras temáticas e monitoria online (12 horas).

Em virtude da alta procura pela formação, a coordenação decidiu criar uma turma extra, em formato compacto, voltada para a atualização de gestores culturais já em atividade e com experiência comprovada na realização de projetos culturais.

Para Luciana Macedo, gerente de Responsabilidade Social da empresa, o curso responde a demandas identificadas em Feira de Santana.

“Desde 2016, quando patrocinamos a realização do Diagnóstico Cultural de Feira, temos buscado dar continuidade às ações na área cultural. Capacitações, como esta do Balaio de Feira, são parte desse processo de fortalecimento da cultura local, dos artistas e grupos culturais da cidade”, aponta.

A organização do projeto entrará em contato com os selecionados através do e-mail cadastrado na fase de inscrições para orientações.

Confira a relação dos selecionados:

https://drive.google.com/file/d/1AQTSVehnsPbiwnxk7EpaGArvjdmxqRt5/view?usp=sharing

Sobre Favela é Isso Aí

Comemorando 20 anos de atuação, Favela é Isso Aí surgiu como fruto do Guia Cultural de Vilas e Favelas de Belo Horizonte, idealizado pela antropóloga Clarice Libânio e publicado em agosto de 2004. A associação foi criada com o objetivo de proporcionar a construção da cidadania a partir do apoio e divulgação das ações de arte e cultura das periferias, além de promover geração de renda para os artistas, melhorar as condições do fazer artístico e acesso ao mercado cultural.

Latest Posts

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Carnaval