domingo, março 3, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_img

Últimas Postagens

Sábado de carnaval é marcado por diversidade musical

No terceiro dia do Carnaval da Bahia de 2024, promovido pelo Governo do Estado da Bahia, Salvador despertou mais uma vez com uma explosão de energia e vitalidade. Nas ruas, o clima festivo estava no auge, com foliões de todas as idades e origens prontos para se entregarem à magia dessa celebração única. Os trios elétricos e os blocos afro continuaram a arrastar multidões, enquanto os sons pulsantes do axé, do samba-reggae e de outros ritmos baianos preenchiam o ar.

Barra-Ondina

A rainha do axé, Daniela Mercury, abriu a festa na Barra-Ondina, arrastando uma legião de fãs que acompanhou o trio até o final do percurso. Os fãs da cantora puderam ouvir clássicos da música baiana como “O canto da cidade”, “Trio metal”, “Rapunzel” e “Swing da cor”.

Na sequência foi a vez do grupo Parangolé fazer todo mundo sambar no circuito Dodô. Liderados por Tony Salles, a banda arrastou os pagodeiros presentes.
O próximo a desfilar na orla foi o Trio da Cultura composto por nada mais, nada menos que Margareth Menezes, Gilberto Gil e Chico César. Juntos, os ícones da música uniram seus talentos e influências para oferecer ao público uma experiência única e marcante. Com sua mistura de ritmos e mensagens de inclusão e diversidade, o trio emocionou e contagiou os foliões, que se entregaram de corpo e alma à celebração da cultura brasileira.
Depois foi o cantor Dan Valente, que brilhou com a presença e seu piseiro envolvente.

Foto: Eroll Finn

Após isso, novamente o pagodão invadiu a Barra-Ondina, com o cantor Xella. O pagodeiro comandou a festa com os verdadeiros fãs de pagode.
A noite ainda teve as presenças da cantora Luana Monalisa e o Trio Pipoca Rap, encerrando o sábado (10) na Barra-Ondina.

CAMPO GRANDE

Neste sábado (9) Falcão agitou mais uma vez o público circuito Osmar. Com a banda Guig Ghetto, o cantor comandou os foliões que esperaram e seguiram atrás do trio. Na sequência, É O Tchan chegou agitando com seus sucessos como Melô do Tchan, Dança da Cordinha e Ralando o Tchan.

Foto: Juracy Feitosa

Por fim, com a presença de autoridades Edu Casanova se apresentou no Bloco da ABADEF (Associação Baiana dos Deficientes Físicos).

PELOURINHO

No Centro Histórico da cidade se apresentaram no sábado (10) no Largo Quincas Berro d’Água S Dois Sertanejos, Rafaela Ojuara, Trio Balance, DH8 e Pablo Moraes. Já no Tereza Batista Gisele Café, Dão Black e Fabio Carneirinho. No Pedro Archanjo Marcio Mello, Don Chicla e Legião do Samba.

Latest Posts

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Carnaval