Portal MF

Notícias

GERAL

Especialista responde as maiores dúvidas dos homens sobre barba


Postado em 11/09/2017 ás 14:35:43

 A barba voltou a tomar o gosto dos homens nos últimos anos – para manter um estilo mais despojado, por acreditarem que os fios modelam mais o rosto ou apenas por gosto mesmo. Entretanto, há muito o que se fazer para mantê-la bonita e sem prejudicar a saúde da pele.

Segundo o dermatologista Rodrigo Frota, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, os homens costumam procurar ajuda médica quando querer manter uma barba mais cheia, mais densa, sem falhas ou, até mesmo, para controlar algumas irritações que podem ocorrer. O especialista listou as maiores dúvidas de seus pacientes. Confira:

Volume 

Rodrigo explica que o volume está diretamente ligado a quantidade de unidades fliculares na região, algo que é geneticamente estabelecido. “Cada indivíduo já nasce com isto determinado. Por exemplo, o homem que tem a barba fechada tem uma genética que promove essa evolução. Outro fator que exerce grande influência é o próprio hormônio masculino: a testosterona, que tem a capacidade de influenciar o crescimento e desenvolvimento desses pelos.”

Não cresce e falhas

Quando é rala, pode ser uma condição genética. Mas se a falha está presente apenas em algumas áreas, pode ser um problema chamado alopecia aresta, que é a queda repentina ou não crescimento de cabelos em determinado lugar. As falhas também podem ser causadas por fungos.

Crescimento e barbear

“Isto é um mito, a velocidade de crescimento independe de barbear. Temos esta falsa impressão pois cortamos o pelo rente a pele. Assim como o fio não fica mais grosso se barbear, esta sensação deve-se apenas ao fato de a base do fio, onde ele é raspado, ser exatamente a parte mais grossa.”

Higiene

O especialista aconselha o uso de produtos específicos para a limpeza dos fios no rosto, assim como cuidamos do couro cabeludo. “O uso destes cosméticos não interfere no crescimento ou volume.”

Coceira

Quando ocorre quando ela está crescendo, é normal. O problema é quando ocorre uma irritação conhecida como dermatite seborreica. Os sintomas são coceira, descamação e vermelhidão. Quando também há a presença de espinhas pode se tratar de um caso de Pseudofoliculite da Barba. O tratamento deve ser feito com um especialista.

Fonte: Deles - iG