Portal MF

Coluna Feira Terra de Cultura

Tudo sobre a cultura feirense.
Por Emerson Azevedo

Publicada em 30 de Junho de 2017 ás 16:56:45

Secult celebra 2 de Julho com atividades na capital e interior

Foto: Camila Souza/GOVBA

 Uma programação extensa de atividades promovidas pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult) comemora o 2 de Julho, data magna da Independência da Bahia, desta sexta-feira (30) e por todo o mês de julho. Exposições, palestras, aulas itinerantes, mesas redondas, além da participação das filarmônicas e manifestações culturais no desfile cívico, estão entre as ações promovidas na capital e no interior do estado, por meio da Fundação Pedro Calmon (FPC), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e Fundação Cultural (Funceb), entidades vinculadas ao órgão.

Nesta sexta, a FPC inicia o Colóquio ‘Guerra e Identidade: A Independência do Brasil na Bahia’ e as ‘Rotas Históricas’, que promoverão um conhecimento mais íntimo sobre as batalhas e lutas pela independência. As inscrições são gratuitas e estão disponíveis no site da entidade. A Rota terá início em Caetité (centro sul), saindo do Arquivo Municipal da cidade para uma excursão, às 9h, orientada pelo professor Moisés Amado Frutuoso.

Sábado (1º), às 16h, a Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA) recebe o II Encontro de Filarmônicas, iniciativa do Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba), da Federação das Bandas a Filarmônica da Bahia (Febaf) e da Funceb. Estarão reunidas as filarmônicas Guerreiros do Sol (Dias D’Ávila), 19 de Setembro (Ibipeba) e a Coral Juvenil 4 de Janeiro (Itiúba), que fazem parte da Febaf. O Neojiba também participa do encontro com sua Banda Sinfônica e com a Banda Sinfônica Portal do Sertão, do Núcleo Antônio Gasparini, sediado em Feira de Santana. A entrada é gratuita e os ingressos serão distribuídos na bilheteria do teatro, a partir das 15h, no dia do evento.

Dois de Julho

No cortejo do 2 de Julho, a Funceb promove a participação de 10 bandas filarmônicas e três manifestações culturais, da capital e de várias cidades do interior do estado. Acompanhadas pela Coordenação de Música da Diretoria das Artes (Dirart), desfilam Lira Popular Muritibana (Muritiba), Filarmônica 24 de Junho (Jeremoabo), Amantes da Lyra (Santo Antônio de Jesus), Sociedade Lítero Musical Minerva Cachoeirana (Cachoeira), Sociedade Filarmônica 2 de Janeiro (Jacobina), Sociedade Filarmônica Filhos de Apolo (Santo Amaro), Sociedade Filarmônica Lira Oliveirense (Santo Amaro), Sociedade Filarmônica Ramo da Oliveira (Santo Amaro), Sociedade Filarmônica União Sanfelixta (São Felix) e Sociedade Recreativa e Cultural Filarmônica 30 de Junho (Serrinha). Também participam as manifestações tradicionais Chegança dos Marujos Fragata Brasileira (Saubara), o Grupo Folclórico As Paparutas da Ilha do Paty (São Francisco do Conde) e o Samba de Roda de Dona Dalva (Cachoeira).

Por Emerson Azevedo

Outras postagens de Emerson Azevedo