Portal MF

Coluna Intervalo

O destaques do mundo do esporte
Por Cristiano Alves

Publicada em 19 de Maro de 2017 ás 00:18:08

Alonso: "Como equipe, estamos todos prontos para ganhar, menos a Honda"

 A segunda semana de testes está sendo tão frustrante para Fernando Alonso quanto a primeira bateria da pré-temporada da Fórmula 1. Depois de poucas voltas no Circuito da Catalunha nesta quarta-feira, o piloto espanhol fez críticas à Honda pelas recorrentes falhas no motor da McLaren. O bicampeão mundial acredita que o carro não estará 100% para a estreia da temporada, no GP de Melbourne, no dia 26 de março.

- Vamos à Austrália sem estar tão preparados quanto o resto (do grid). Como equipe, estamos todos prontos para ganhar, menos a Honda - disse Alonso.

O espanhol não sofreu com os problemas no motor nesta quarta, mas foi um dos que menos rodou no Circuito da Catalunha. Nas duas sessões de treino, ele completou 46 voltas. Para efeito de comparação, só pela manhã Valtteri Bottas, da Mercedes, correu 70 voltas. Max Verstappen, da RBR, foi o que mais rodou, com 102 voltas. Alonso teve o 12º tempo entre os 14 pilotos que testaram nesta quarta, quase quatro segundo atrás do líder Bottas - 1m19s310 contra 1m23s041.

Não foi a primeira crítica aberta de Alonso à Honda. Na semana passada, o piloto já havia declarado sua insatisfação com o desempenho dos motores. Os dirigentes da McLaren estão alinhados com o piloto espanhol e veem a relação com a Honda cada vez mais tensa.

- Estamos na Fórmula 1, estamos correndo e precisamos de desempenho. Então a pressão é obviamente enorme, e colocamos o máximo de pressão sobre todo o nosso relacionamento com a Honda, e o mesmo para eles. Não podemos dar um passo errado. Nós precisamso ser capazes de entregar o melhor carro também, então isso é para os dois lados - disse Eric Boullier, chefe da McLaren, em entrevista ao seite "Autosport". 

Com informações do Globo Esporte

Por Cristiano Alves

Outras postagens de Cristiano Alves