Portal MF

Coluna Intervalo

O destaques do mundo do esporte
Por Cristiano Alves

Publicada em 28 de Agosto de 2016 ás 01:11:26

Intervalo por Cristiano Alves

 A ANSIEDADE – É grande por parte de todos aqueles que amam o Fluminense, que hoje começa a concretizar o sonho de participar de uma grande competição nacional – o Campeonato Brasileiro da Série C – onde terá uma boa visibilidade, cotas de patrocínio que ajudarão a agremiação a trilhar pelo caminho do profissionalismo. O sonho está próximo de se concretizar, mas para isso tem que passar pelo Volta Redonda.

CLARO – Que a estrutura é diferente das duas equipes, porém as perspectivas são as mesmas no sentido de se trilhar um caminho de projeção nacional. No caso do Fluminense, que já passou por tantas agruras na Série D está vacinado para enfrentar mais este difícil adversário que está invicto na competição, mas não é um time imbatível.

É HORA – De todos os feirenses, ou mesmo forasteiros que vivem aqui, darem um apoio importante ao clube. Não há espaço para desconfianças e sim para a total confiança no que os jogadores podem fazer dentro de campo. Nesse sentido, aqui quero parabenizar o comportamento da torcida, que no jogo contra o Ceilândia, aqui no Joia, aplaudiu o time e todo o tempo repetindo “eu acredito, eu acredito”, mesmo com a derrota.

É NISSO – Que todos nós devemos acreditar porque não é por um acaso que o Touro do Sertão chegou até aqui. Se chegou foi por conta de um trabalho árduo de todos os dirigentes, que em muitos momentos têm sacrificado momentos de lazer com família, têm deixado projetos pessoais em prol da causa chamada FLUMINENSE DE FEIRA FUTEBOL CLUBE.

PARA MIM – Do ponto de vista pessoal tem sido um grande aprendizado estar acompanhando tão de perto o ambiente do Touro do Sertão e independente do que vier a acontecer futuramente vou ter muitas coisas para contar pois esta já é a melhor campanha do Fluminense a nível nacional nos últimos anos.

LEMBRO-ME – Muito bem de 1992, quando o time fez aquela memorável campanha do vice-campeonato da Série C e as condições era ainda mais adversas do que as de agora, pois tinha que ficar treinando em vários lugares, não tinha subsídios por parte da CBF como tem hoje e mesmo assim honrou o nome de Feira de Santana. Hoje as condições são melhores e outro detalhe que se assemelha com aquele longínquo ano: a confiança é a mesma que motiva a enfrentar tudo isso e acreditar até o final.

INDEPENDENTE – Do que vier a acontecer essa diretoria pode ser considerada vitoriosa pelo trabalho que vem fazendo há quase três anos, quando assumiram um clube que estava literalmente no fundo do poço, desacreditado numa 2ª divisão e que em pouco mais de 1 ano de trabalho trouxeram de volta a elite estadual, ganharam a Copa Estado, a vaga na Série D e agora o sonho da Série C está bem palpável.

INTERESSANTE – É que o time deixou para trás times com estruturas bem maiores como o Campinense que ficou pelo meio do caminho numa prova de que realmente quando existe planejamento e credibilidade as coisas tendem a dar certo. Estão dando certo por que? Porque hoje o clube é comandado por pessoas que têm suas preferências politicas, sim, mas em campo o grande partido, a grande bandeira é o Fluminense.

FICO TRISTE – De ver este esforço que está sendo feito pelos dirigentes, que fazem “das tripas coração” para manter a estrutura, enquanto alguns vereadores vão ocupar o plenário da Câmara para proferir críticas, questionar ações como a cobrança de taxa aos vendedores ambulantes, a cobrança de R$ 20 pelo ingresso nos jogos, o que sinceramente são pronunciamentos demagógicos.

NÃO VOU AQUI – Questionar o fato dos edis não darem uma ajuda mais concreta ao clube. Cada tem sua consciência e sabe o que tem feito não em prol do esporte profissional, mas do esporte em geral. No entanto afirmo que seria uma grande ajuda se eles como agentes legisladores cumprissem o que é estabelecido em regimento: terem os seus acessos pessoais gratuitos ao estádio e conscientizarem seus assessores de que eles precisam pagar ingresso e evitar a evasão de renda que ainda é grande na praça esportiva.

NÃO É HORA – De embates e sim de todos, independente de classe ou condição social se unirem em prol do Fluminense. O clube chegando na Série C terá um calendário completo com a possibilidade de captação de recursos bem maior aumentando assim as perspectivas de um grande futuro.

VOU FICANDO POR AQUI – Anunciando aos meus leitores que nos próximos 30 dias estarei em gozo de férias retornando somente no próximo mês de outubro. Espero que quando voltar possa escrever aqui grandes coisas como o Fluminense na Série C de 2017. Um grande abraço a todos e até o próximo mês de outubro. 

Cristiano Alves - Jornalista - DRT-BA-2300 

Colunista de Esporte do Portal MF e Editor chefe do Jornal Folha do Estado 

Por Cristiano Alves

Outras postagens de Cristiano Alves