Portal MF

Coluna Intervalo

O destaques do mundo do esporte
Por Cristiano Alves

Publicada em 27 de Maio de 2016 ás 12:32:55

Intervalo por Cristiano Alves

 ESTA SEMANA – Foi publicado o edital de convocação do Conselho Deliberativo do Fluminense para deliberar (com redundância e tudo) sobre a prorrogação do mandato do presidente  Gerinaldo Costa e a sua diretoria executiva por mais seis meses. Sinceramente esta foi a medida mais acertada para o momento.

NÃO HÁ – Como negar que mesmo com total liberdade para chegar a uma reeleição, o presidente e demais diretores, preferiram colocar as “barbas de molho” para evitar desgastes naturais de um processo eleitoral, que aconteceriam se o pleito fosse agora. Por isso é que a melhor opção de momento foi esta.

ATÉ PORQUE – Não haveria tempo suficiente para se arrumar a casa, com a Série D em cima. O ideal mesmo era prorrogar o mandato do presidente, que ficou bem balançado em não continuar, o que seria uma pena porque mesmo ainda existindo muitas carências, ele se revelou um verdadeiro articulista e manteve um grupo unido por dois anos trabalhando sem vaidades.

AINDA NO CONTEXTO DE GRUPO -  A diretoria já arrumou tudo e os jogadores estão trabalhando para a Série D, onde na primeira fase o Flu vai encarar o Sergipe, Murici e o Sousa. É um grupo que acredito ser nivelado, mas pelo que está se configurando, o tricolor feirense pode avançar de fase sim, pois não vejo nenhum “bicho papão”.

NO PASSADO – Vi o Fluminense fazer grandes campanhas, mesmo sem contar com uma grande estrutura. Agora, mesmo ainda incipiente, o time já conta com uma estrutura e eu espero que dentro de campo, o Flu continue com o mesmo êxito que vem obtendo desde o seu retorno à elite do futebol baiano.

TOMARA -  Que fora de campo, neste restante de mandato do presidente Gerinaldo Costa e sua diretoria, possam acontecer ações em outros setores como o patrimonial com uma solução definitiva para  área do Rio Jacuípe e uma ação efetiva np tocante à reforma dos campos e a muragem da área total do CT Nóide Cerqueira. Tomara que aconteça alguma coisa de bom.

FALANDO EM COISA BOA – Hoje tem a 3ª Corrida de Feira, que é um evento interessante, pois reúne atletas de diversos Estados brasileiros em Feira de Santana e o grande atrativo será a presença das atletas Graciete Moreira e Marily dos Santos, ambas classificadas para representar o Brasil na Maratona Olímpica no Rio de Janeiro em agosto. Vale a pena conferir esta competição, que acontecerá na avenida Nóide Cerqueira.

O INTERESSANTE – É a reunião de atletas que aproveitam a competição para obter bons resultados para constar em seus currículos, enquanto outros  competem sem maior responsabilidade, apenas por competir demonstrando verdadeiro espírito esportivo , o que é o mais importante no final de tudo.

AS PRESENÇAS – De Graciete e Marily são um incentivo a mais para os demais corredores, Com certeza, elas são um verdadeiro exemplo de humildade para muita gente, que no lugar delas agora colocaria uma banca retada para participar de uma prova dessas. Não discuto o favoritismo, apenas vejo como tudo isso como um grande incentivo para os praticantes de atletismo.

APROVEITANDO O “GANCHO” – Da palavra incentivo, esta semana estive com muito prazer palestrando para alunos do 7º semestre de Jornalismo da FAT e pude constatar que ainda muita gente tem a ilusão de que o esporte está perdendo espaço na sociedade por conta de algumas modalidades não estarem em evidência, o que é sinceramente um ledo engano, pois o que falta na verdade é uma melhor divulgação, além de um maior incentivo, claro.

TEM MODALIDADES – Por aí que a aceitação do público é grande e um bom exemplo disso é o MMA e esportes de lutas afins. Muito antes de se ter esta evidência toda a nível Brasil e Mundo, aqui em Feira, quando aconteciam eventos de Boxe, Vale Tudo e Luta livre, os espaços lotavam de gente e continuam lotando, como foi o caso do 9º IFC na semana passada. Esta competição realmente pegou aqui na cidade.

OUTRAS PRÁTICAS – Ainda precisam de muito apoio porque a nível nacional não são tão divulgadas e em Feira de Santana, a coisa ainda oscila muito. O nosso Basquete é um bom exemplo disso: ano passado aconteceu a Copa Brasfrut onde reuniu equipes até mesmo de outras cidades e este ano, não sei o porquê ninguém está falando nada. O que houve7 Com a palavra  os representantes do Basquete feirense.

Cristiano Alves - Jornalista - DRT-BA-2300

Colunista de Esporte do Portal MF e Editor chefe do Jornal Folha do Estado 

Por Cristiano Alves

Outras postagens de Cristiano Alves