Portal MF

Coluna Intervalo

O destaques do mundo do esporte
Por Cristiano Alves

Publicada em 19 de Maio de 2015 ás 00:54:15

Intervalo por Cristiano Alves

Foto: Sidnei Campos / FE

 SINCERAMENTE – É triste ver a atual situação do gramado do Estádio Joia da Princesa. Não vou entrar aqui numa falando de coisas que já foram ditas, mas não posso me clar diante da situação de que o gramado já não presta e ainda se fazem jogos fora os do Campeonato Baiano da 2ª divisão para complicar ainda mais a situação. Alô

Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, vamos nos atentar para isso aí.

NÃO É PORQUE – Se vai trocar o gramado daqui há algum tempo, que se pode fazer qualqer tipo de atividade esportiva. Se na atividade profissional já aconteceram acidentes como o atacante Deon que fraturou o tornoizelo na semana passada, imagine o que poide acontecer com quem joga futebol amador ou mesmo de base num campo do jeito que está? É uma temeridade.

POR EXEMPLO – Este final de semana está sendo aberta a Copa Sub-15, uma competição interessante para se “pinçar” novos valores para as divisões de base dos clubes, mas vai ser jogada no Joia com o gramado do jeito que está. E se acontecer algum acidente com um garoto? Quem vai responder por isso é a prefeitura? São as escolinhas? Quem vai responder?

NÃO SOU CONTRA – A Copa Sub-15 não. Acho uma competição interessante e muito importante, porém convém o bom senso de buscar praças alternativas para a realização destes jogos até para se preservar os garotos e logicamente o público porque o gramado do Joia como está não dá para se ver bom futebol.

OUTRA COISA – Independente do gramado ruim, tem que se parar com isso de estar abrindo o Joia para qualqer tipo de competição. Afinal é a principal praça esportiva de Feira de Santana e que precisa ser mais preservada. Como esta situação como uma ferida que a gente tem e que fica futucando, futucando antes do médico vir com a solução. Isso tem que acabar.

TEM QUE ACABAR TAMBÉM – Estas picuinhas existientes no Vitória que a cada partida que passa vai decepcionando cada vez mais o seu torcedor. Será que esta crise técnica e administrativa não vai ter fim não? Agora tá indo atrás de refugos do Corinthians para reforçar o time combalido, que não passa qualqer tipo de confiança a ninguém. Enquanto isso, os dirigentes ficam por aí trocando farpas.

CADÊ – O presidente Raimundo Viana? Tem que tomar uma providência urgente. Tem que organizar a casa e trocar algumas coisas, se queiser que pelo menos o time continue na Série B e faça um projeto a longo prazo para voltar a Série A. Não é terrorismo, mas a situação do Vitória é periclitante, vexatória e alguma coisa tem que ser feita e já porque estou vendo o Leão sucumbir a cada rodada da Série B.

FALANDO AINDA  EM PCUINHA – Já está insuportavel ouvir alguns colegas de imprensa questionando sobre o valor do preço de ingressos nos jogos odo Fluminense mo Joia da Princesa. Se começou com um valor vai se manter até o fim, mesmo a diretoria reconhecendo que existe necessidade de reajuste, mas é algo que vai se pensar mais adiante. Aí ficam alguns alimentando fofocas e picuinhas de que fulano acha isso, beltrano acha aquilo. Agora só se pensa no bem comum que o Fluminense.

ORA – Manter os preços de R$ 5 e R$ 10, não significa prejuízo e sim um investimento que a diretoria deve fazer para ter o torcedor do Fluminense ao lado do time e até agora a torcida tem feito a sua parte correpndendo fora de campo, da mesma forma que dentro das quatro linhas o time tem feito.

O QUE SE DEVE – Pensar agora é no time, que está bem, mas hoje tem problemas para encarar o Jequié. O goleiro Leo é dúvida, Peixoto também passa por problemas estomacais e Marcelo Pano não deve ir a campo na plenitude da sua forma. São problemas que o treinador Paulo Salles tem administrar, mas diante do seu equilibrio acredito que ele supere todas as adverisdades.

QUANTO AO JOGO – Mesmo o Jequié tendo somente dois pontos, vai ser um confronto complicado porque independente de lutar para manter vivas as chances de conquistar uma vaga na 1ª divisão, o time jequieense deve receber incentivos para vencer o Fluminense, que por sua vez deve ficar de olho e jogar o mesmo futebol para obter mais um triunfo. Condições e tme para isso o Touro tem.

CASO – Venha mais um triunfo aí todos vão começar a fazer as contas de chegada porque com 12 pontos, o tricolor feirense ficará praticamente a seis pontos de uma classificação direta para a 1ª divisão, independente de qualqer resultado. Vamos torcer pçara que tudo dê certo e o time consiga este feito.

Cristiano Alves - Jornalista - DRT-BA-2300

Colunista de Esporte do Portal MF e Editor chefe do Jornal Folha do Estado 

Por Cristiano Alves

Outras postagens de Cristiano Alves