Portal MF

Coluna Intervalo

O destaques do mundo do esporte
Por Cristiano Alves

Publicada em 17 de Outubro de 2015 ás 00:13:22

Intervalo por Cristiano Alves

 SINCERAMENTE – Uma das piores coisas para mim, particularmente, nos últimos dias foi acompanhar a Seleção Brasileira porque as apresentações estão sendo desastrosas, num grande reflexo de tudo aquilo que hoje norteia o futebol nacional. Chega a ser um martírio e prefiro fazer outras coisas a perder meu tempo para assistir os jogos porque o Brasil se tornou um time igual aos outros: com poucos craques e muitas limitações.

ANTIGAMENTE – A diferença entre nós e os outros era porque tínhamos um plantel formado por 22 craques de bola. Porém hoje a letargia é tão grande, que é bem melhor ocupar a cabeça com outras coisas porque a forma como o futebol ainda é gerido no Brasil deixa qualquer um desconcertado. Não dá para se esperar muita coisa não.

AÍ – Você sai do péssimo futebol da Seleção Brasileira e volta a assistir os babas do Campeonato Brasileiro. Esta semana mesmo, ver Fluminense x São Paulo foi de matar: jogadores ruins e apenas alguns lampejos de um pseudo-craque chamado Alexandre Pato, que a maior parte do tempo passa sumido em campo e durante 90 minutos dá somente um estalo e pronto.

QUEM ACOMAPANHA – Futebol há mais tempo se entristece ao ver como o Brasil involuiu, pois hoje não existem mais trabalhos de base que realmente formam jogadores. Muitos têm verdadeiramente talento, mas o que os pés constroem, a cabeça destrói. Hoje, o cara bateu três pontinhos já rotulado de craque e aí vem uma série de situações que comprometem o potencial do atleta.

E AINDA – Tem gente que abre a boca e diz: “o futebol está equilibrado”. Está, mas é equilibrado por baixo porque até mesmo aqueles clubes que estão na ponta da tabela não têm elencos qualificados. Imagine quem está lá  embaixo? O nível é realmente péssimo, há pouco investimento porque na verdade, os clubes hoje estão quebrados.

O QUE ACONTECE – De um modo geral é que se faz necessária a renovação, mas infelizmente, quem está a frente não abre espaço para as novas ideias e velhas práticas vão se repetindo ao longo do tempo, desgastando tudo de um modo geral, o que deixa o esporte refém de pequenos grupos, ou de pessoas que seguem a frente até o dias que não quiserem mais.

O QUE FAZER? – Sinceramente eu acredito que o futebol precisa ser passado a limpo em todos os sentidos: da formação, passando pela administração, a profissionalização mesmo do esporte. Ou isso vai acontecer, ou sinceramente vamos continuar vendo o esporte sucumbir e cada vez perdermos a nossa característica principal, que nos tornou sempre diferente em relação aos outros países. 

NÃO VOU DIZER – Que o Brasil não se classifica para a Copa do Mundo da Rússia, mesmo porque ainda tem um resto de mística que envolve o nosso futebol a ponto de me manter um resto de esperança. Porém, do jeito que a coisa vai, não sei esta mística vai durar por muito tempo. Na verdade, gostaria de ver o Brasil como uma grande fênix: ressurgindo das cinzas.

HOJE A EXPECTATIVA – Mesmo fica por conta da abertura da 4ª fase do Campeonato Intermunicipal, quando a seleção feirense vai enfrentar Itapetinga fora de casa, num jogo que deve ser marcado principalmente pelo equilíbrio de forças entre as duas seleções apresentam nível técnico semelhante, que nos passa uma ideia de um jogo igual: vai ganhar quem for mais competente.

SOBRE FEIRA – Mesmo jogando fora de casa tem condições de obter um bom resultado porque tem qualidade, tem futebol, valores individuais que a credenciam a fazer uma boa participação. Por conta de enfrentar uma seleção equivalente, Feira tem igualdade e condições de fazer um grande resultado.

FALANDO NISSO – Hoje estarei ao lado do meu companheiro Gil Batista, no Estádio Primaverão, em Itapetinga para a transmissão do jogo entre Itapetinga x Feira de Santana. Transmissão ao vivo será exclusiva para Feira de Santana através da rádio GB Esporte. Acesse www.radiogbesporte.com.br , a partir das 14 horas e confira todos os detalhes deste jogão de bola. Não percam.

Cristiano Alves - Jornalista - DRT-BA-2300

Colunista de Esporte do Portal MF e Editor chefe do Jornal Folha do Estado 

Por Cristiano Alves

Outras postagens de Cristiano Alves